Entender como evitar acidentes de trabalho na empresa é essencial para uma boa gestão. Afinal, essas ocorrências trazem prejuízos ao empregado. Trata-se de doenças, lesões e traumas que, em casos mais graves, podem deixá-lo incapaz de trabalhar ou causar a sua morte. 

Além disso, a empresa também sofre as consequências, precisando lidar com afastamentos, indenizações e até mesmo danos à sua imagem. Assim, as medidas de prevenção de acidentes são importantes para manter a segurança dos trabalhadores.

Quer saber como prevenir acidentes de trabalho e proteger os seus colaboradores? Confira as dicas que separamos!

Avalie os riscos existentes

Você sabe quais são os riscos do ambiente de trabalho da empresa e das funções exercidas pelos seus empregados? Para entender como evitar acidentes de trabalho, é essencial identificar as ameaças existentes.

A melhor forma de fazer isso é pelo mapeamento de riscos, que faz uma análise detalhada de todas as características do ambiente, dos equipamentos utilizados e das funções exercidas. É com base nisso que o empregador conseguirá avaliar quais pontos devem ser trabalhados, com a possibilidade de reformas, troca de equipamentos e uso de sinalizações para prevenir acidentes. 

Aplique as Normas Regulamentadoras

Uma dica essencial sobre como diminuir os acidentes de trabalho é seguir as Normas Regulamentadoras (NRs). Elas foram editadas pelo antigo Ministério do Trabalho e trazem medidas de proteção para diversos tipos de atividade, visando diminuir riscos existentes no ambiente laboral. 

São elas que regulamentam questões como uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), Atestados de Saúde Ocupacional (ASO) e segurança em diversos tipos de atividades, como trabalho em altura, em espaços confinados, nos serviços de saúde, entre outros. 

Por isso mesmo, é importante que a empresa verifique quais NRs são aplicadas às suas atividades e adote as medidas de proteção existentes. Além de aumentar a segurança dos trabalhadores, essa prática também evita a aplicação de penalidades pelos órgãos fiscalizadores. 

Conscientize os colaboradores

Não basta que a empresa adote práticas de proteção se os colaboradores não entenderem os riscos do trabalho, as medidas de proteção existentes e a importância de observá-las. Portanto, também é necessário investir na conscientização dos empregados. Algumas práticas que podem ajudar são:

  • prestar informações claras sobre os riscos existentes;
  • oferecer treinamentos e capacitações sobre segurança;
  • incentivar e fiscalizar o uso de EPIs e outras medidas de proteção;
  • manter uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) ativa;
  • fazer campanhas de conscientização, com avisos em murais e em outros canais de comunicação. 

Conte com uma consultoria jurídica

A legislação trabalhista traz diversas regras sobre as medidas de proteção e as obrigações dos empregadores em relação à segurança e à medicina do trabalho. Assim, elas devem ser observadas para fins de cumprimento da legislação e para prevenir acidentes, que também incluem doenças ocupacionais.

Como o assunto envolve algumas questões técnicas, e a legislação passa por constantes mudanças, vale a pena contar com uma consultoria jurídica especializada. Os advogados têm experiência na área, conhecendo as normas aplicáveis, as posições dos tribunais e as melhores práticas.

Dessa maneira, a empresa recebe um suporte completo para implementar medidas efetivas de proteção. Além disso, diante de acidentes, a consultoria ajudará a identificar as obrigações do empregador e quais atitudes tomar diante da ocorrência, a fim de evitar problemas judiciais no futuro. 

A prevenção exige atenção contínua, mas, aplicando essas dicas sobre como evitar acidentes de trabalho na sua empresa, ficará mais fácil criar um ambiente seguro aos colaboradores. 

Se você precisa de auxílio para proteger os seus empregados e cumprir a legislação trabalhista, conte com uma consultoria jurídica especializada em Direito do Trabalho!